23.12.04

Mais uma dose

Encerrado num quartinho da "pitoresca" e odiosa cidade que o pariu, ele tenta - veja bem- tenta ler com algum prazer A CASA DOS BUDAS DITOSOS, de João Ubaldo Ribeiro. Você, sua mãe, a professora de literatura do cursinho, do colégio e toda a corja de pseudo-intelectuais deste país que assistem ao Jô, sabe muito bem do que falo.

Olha, até que a permissividade descarada da narrativa tem lá seu apelo, mas a gente que passa por coisas deste tipo ou até mais interessantes no cotidiano não sente surtir um efeito assim tão ai-meu-Deus-isso-é-incrível. Coisas da literatura, as vezes te pega, outras não.

***************************************************

Família é um negócio curioso, é só nisso que eu tenho pensado ultimamente. Não, mentira. Tenho pensado em R., bastante, por sinal. Nessas horas sempre toca aquela da Aretha na minha cabeça.

***************************************************


2 comentários:

  1. Anônimo9:29 PM

    Eu disse que era uma bosta!

    Amor, espero que o senhor não tenha lidado pelo motivo que eu estou pensando. Caso contrário, será uma bosta!

    Beijo, R.
    Hohohohohoho

    ResponderExcluir
  2. "R." de Romininha, neh? Gracias, mi amor.
    HAHAHAHAHAHAHAHA!

    ResponderExcluir