5.2.05

El carnabal de calidád



...e vamos combinar que eu mereço um descanso.Carnaval é uma época em que as energias estão pairando no ar, as boas e as ruins.

Camo uma forma de resistência ao irremediável, preencho o ambiente com sons de todo o tipo, para tirar aquele "poeeeeeeiraa-aa" da cabeça.


O melhor deste ao vivo de Chavela, não são apenas as interpretações dos clássicos sul-americanos, na sua voz rouca e alcoolizada, mas as histórias que ela conta, de forma muito bem-humorada.
**"Chavela Vargas es toda una leyenda de la canción mexicana. Comenzó con su arte a mediados de la década del 50 de la mano de otro mito de la ranchera: José Alfredo Jiménez, y su popularidad alcanzó la cumbre en los 60´s y 70´s." **



Dance-Punk-Disco para cantar no banho e dançar de toalha enrolada na cintura. Anti-Ivete, Anti-alalaôôô, total anti-deprê!



Alguém já imaginou como ficaria o intrumental de "Music" (Madonna avec Mirwaiss) com a letra de "Yes, Sir I Can Boogie" (da dupla disco espanhola Baccara)? Pois então, o lado-b deste single (Twist), de Goldfrapp é exatamente isso e se chama apenas "Yes, Sir".

****************************

Ontem, vi quatro Drag Queens vestidas de Mulher-Maravilha, e me responde, como é que eu não levei a minha câmera??? Não sei.

****************************

Quer morrer de rir? Olha isso. Só a Fal mesmo para descobrir estas maravilhas...El merror blueg del ínterne!




Nenhum comentário:

Postar um comentário