31.3.05

CARTA PARA O VAZIO



Eu quero te dizer, Vazio, que a nossa história acabou. Passamos muitos momentos juntos, eu sei. Só que agora eu não te quero mais. Você me puxava para baixo, me queria sempre ao seu lado, foi egoísta e maquiavélico. Quase que eu pulei da sacada para me livrar de você, fui a centro espírita, tomei floral, fiz acupuntura, mandei rezar missa, acendi vela e nada de você me largar. Mal sabia eu que bastava dizer "não" e anunciar que acabou. Não se preocupe que eu não vou te esquecer, porque é imprescindível lembrarmos daquilo que nos fez mal para darmos valor ao momento presente. É só isso que eu vou guardar: a lembrança da sua presença me segurando pelo ombro e sussurrando no meu ouvido a incapacidade de ser mais eu.

Pode gritar, xingar, fazer intriga, é direito seu. Mas se hoje eu te deixo, é porque você pisou num calo que não deveria e abusou da sorte ao me subestimar, achando que me tinha sob controle. Engano seu. Você me acusou de mentir, sabendo que eu fui verdadeiro, só para acobertar seu plano de me ter no bolso para usar quando fosse conveniente. Eu te conheço, mas você não me conhece, baby.

Não adianta te dizer pra me esquecer, que eu sei que você vai atrás de mim onde eu estiver, mas não espere que eu abra a porta. Não se disfarce de saudade nem finja ser melancolia, eu te reconheço mesmo que você esteja atrás de uma máscara. Faça o favor de virar a cara quando passar por mim. Canse de mim, pegue outro, como você já vinha ameaçando a tanto tempo. Quero ver se alguém vai te querer.

Se hoje eu sou duro com você é porque o copo transbordou, o elástico arrebentou e eu resolvi ler os sinais, tão óbvios.

Você faz parecer que a sua vida é completa, que você tem controle, mas eu vou além, sei que é tudo balela. Eu sei o que passa na sua cabeça quando você deita, muito tarde da noite, sem um braço cheiroso para te agarrar. Não pense que a mim você engana.

Vá, siga a sua vidinha cheia de nada. Eu não te quero mais.

*

Este post/desabafo foi escrito ouvindo WAITING FOR THE NIGHT - DEPECHE MODE

DAAARLING!

Edna Mode


"Querido, como você engordou!"



Olha, se existe um desenho animado à altura de PROCURANDO NEMO é OS INCRÍVEIS. Com uma ar retrô e visual caprichado, ele prima pela riqueza de detalhes e personalidade forte dos heróis e vilões. A minha favorita, de longe, é obviamente Edna Mode, a estilista dos uniformes de super-heróis, uma mistura de Henriqueta Brieba com Anna Wintour, a editora da Vogue americana. Sarcástica e sincera, Edna é a principal atração do desenho.


Incredibles

30.3.05

NOSTALGIA

Ontem, enquanto assistia à final do BBB4, me deu uma saudade da Cida, aquela louca maravilhosa do BBB2. Este Big Brother de agora foi cheio de najices, aquele Sami falso chegando à final, quando o que todos queriam mesmo era que a Pink estivesse lá. É por estas e outras que eu só assisto televisão se amarrado à poltrona.


Cida Maravilha

Cida Peitao

Cida chegando



Mais nostalgia ainda me deu ao escutar o novo cd do Morrissey, ao vivo, com THERE IS A LIGHT THAT NEVER GOES OUT, THE MORE YOU IGNORE ME THE CLOSER I GET e HOW SOON IS NOW? O álbum anterior dele, de 2004, YOU ARE THE QUARRY, foi um dos que eu mais escutei no ano passado. Dele, este ao vivo em Earls Court ainda tem IRISH BLOOD, ENGLISH HEART, FIRST OF THE GANG TO DIE e YOU KNOW I COULDN'T LAST. Bom de doer!

Morrissey



...e para o novo do Morcheeba, THE ANTIDOTE, nostalgia zero. Tudo está diferente neste novo álbum, os vocais de Skye Edwards ficaram mais ágeis (UPDATE: claro, não é mais a Skye que é vocalista da banda e sim Daisy Martey) , mais bluesy, e o som da banda agora não é apenas trip-hop, fazem de tudo e muito bem, obrigado.


Morcheeba

28.3.05

COCKTAILS, COCKS AND TALES

cafeina



Quando há de se tomar uma decisão importante, daquelas que mudam a sua vida, viram tudo de cabeça para baixo, é necessário pensar, pensar, pensar. Mas queimar neurônios demais a respeito de algo também traz dúvidas e, com elas, a insegurança. Minha mãe vivia dizendo "Se eu páro, eu penso. Se eu penso, eu choro". Veja bem, ela me ensinou a passar meu primeiro café, não pode estar tão errada assim, não é?

*

E o casal mais amado por este que vos fala, J&J, hospedou-se no CALEXIco. Lodge para o feriadão. Fez-se então a estréia dos novos drinks "Copacabana" e "London Hi-Fi", juntamente com o terceiro J da equação. Sobrou muito pouco de nós naquela noite. Mas tudo bem, meu bem, celebrávamos a amizade, valeu a pena.
Impressão minha ou eu era o único cujo nome não começava por jota? Este negócio de me referir às pessoas pelas iniciais me confundiu.

Trilha: 2 coletâeas da gravadora Ultra-Lounge:

bossa


capers

23.3.05

BREGA CHIC

Depois de formatar o pc, resolvi escutar alguns cds de mp3 para ver o que eu tinha armazenado em meu arsenal, uma vez que depois do primeiro milhar, qualquer um perde a conta. Um cd vermelho com as iniciais BH escritas me chamou a atenção e resolvi colocar. Pois não é que era o Brega Hits? Recheado de clássicos do brega nacional, de Sidney Magal a Lindomar Castilho, passando por Tremendo e Kátia (a cega).

Vamos deixar uma coisa bem clara: brega não é qualquer porcaria que toca no Faustão não, ok? Tem que ser engraçado, peculiar, exagerado e, de preferência, antigo.

Há várias categorias de breguice musical, dentre elas:

O Brega Vintage: aquele antigão, dos anos 60 ou anterior. Destacando: Cauby Peixoto.

O Brega Clássico: de longe meu favorito, este sub-estilo teve seu ápice nos anos 70, mas seguiu embalando domésticas e caminhoneiros na década de 80, nas vozes de Lindomar Castilho, Waldick Soriano, Evaldo Braga, Gretchen, Sidney Magal, Odair José, Aguinaldo Timóteo, Carlos Alexandre, Perla, Rosana, Vanusa, Trio Los Angeles, Angelo Máximo, Giliard, Jane & Herondy, Kátia, Ovelha, Wando...

O Brega Dançante: querendo ser disco, alguns de nossos artistas, sem querer, produziram verdadeiras pérolas. Exemplos: Lady Zu, Sidney Magal, Gretchen, Frenéticas, Vanusa (que gravou I Will Survive em português)e a rainha Perla (com as versões de Abba, Culture Club, Baccara e Bonney M.).

Para ser considerado brega de raiz, é necessário que a lembrança do artista ou música assente por algumas décadas em nossa memória, de uma forma que desenvolvamos um certo carinho saudosista com relação a ela, diferente da irritação e desprezo que temos pelo dito brega que rola hoje em dia.

Na sala de espera para ganhar a coroa de brega:

Sara Jane (Vamos abrir a roda)
Carrapicho
Tremendo
Dominó
Via Negromonte
Tetê Espíndola
Luiz Caldas

A partir desta data vou, de vez em quando, destacar alguns vultos do brega nacional merecedores de nossa respeitosa lembrança.

O primeiro destaque é a aquela coisa... tem que ser especial, significativo, vultuoso e inesquecível. Não tive dúvida. Deu Pimpinela na cabeça!

Pimpinela

Esta dupla de irmãos argentinos (Joaquín e Lucía Galán) fez o maior sucesso por aqui nos anos 80, inclusive vertendo suas próprias canções para o português. A mais emblemática delas é sem dúvida OLVÍDAME Y PEGA LA VUELTA ou SIGA SEU RUMO, revitalizada, anos mais tarde, pela engraçadíssima Banda Vexame, de Marisa Orth.

Siga Seu Rumo

Ela:
Faz tanto que ele não liga pra mim,
Faz tanto tempo que tudo deixou de existir,
Agora que eu aprendi a viver, esquecendo este amor,
Ele aparece bem tarde da noite, e me diz que voltou...

Ela: Quem é??
Ele: Sou eu!
Ela: O que é que você quer??
Ele: Você!
Ela: É tarde!!
Ele: Por que?
Ela: Porque hoje sou eu quem não quer mais você!!

Por isso fora, esqueça meu nome, meu rosto, esta casa,
E siga seu rumo
Ele: Não consigo compreender!
Ela: Fora! Esqueça os meus olhos, meu corpo, os meus beijos e todo o meu mundo!!
Ele: Está mentindo posso ver!!
Ela: Fora!! Tá tudo acabado, esqueça que eu vivo, e não se surpreenda!
Esqueça de mim, que afinal pra esquecer você tem experiência!!

Ele:
Fui procurar emoções e por isso parti, em busca de sensações que nunca senti,
Ao descobrir que isso tudo era só fantasia, voltei!!
Pois, na verdade, o que eu quero e preciso é somente você!

Ela: Adeus!!!
Ele: Olhe pra mim!
Ela: Não, não quero mais falar!
Ele: Pensa em mim!
Ela: Adeus!!!
Ele: Por que?
Ela: Porque hoje sou eu quem não quer mais você!!

Por isso fora, esqueça meu nome, meu rosto, esta casa,
E siga seu rumo
- Não consigo compreender!
Fora! Esqueça os meus olhos, meu corpo, os meus beijos e todo o meu mundo!!
- Está mentindo posso ver!!
Fora!! Tá tudo acabado, esqueça que eu vivo, e não se surpreenda!
Esqueça de mim, que afinal pra esquecer você tem experiência!!
- Não dá, não dá, não dá!!!


E para quem gosta da coisa, no e-mule tem o vídeo desta música e também o mp3 da version dance. Corra lá!


22.3.05

SOSSEGA

sossegue coração
ainda não é agora
a confusão prossegue
sonhos afora

calma calma
logo mais a gente goza
perto do osso
a carne é mais gostosa

Paulo Leminski

Image hosted by Photobucket.com

Painting by David H. Cobley

21.3.05

COISAS QUE EU ANDO OUVINDO


Verve Remixed 3

Não dá pra cansar das coletâneas da Verve. Esta tem Speak Low, com Billie Holiday, Fever, com Sarah Vaughn e Baby, Did You Hear, com Dinah Washington. Ainda Blossom Dearie, Astrud Gilberto e Nina Simone. Perfeito do início ao fim.

Beck

Beck voltou à velha forma de Odelay. Viva!

Fabriclive 09


Jacques Lu Cont, o homem por trás do antigo LES RYTHME DIGITALES e produtor do novo álbum de Madonna, num set especialíssimo com direito a Abracadaba, de Steve Miller Band e Sweet Dreams, do Eurythmics remixadas.

Riton

Feliz, pra cima e electro, precisa mais?

20.3.05

PAUSA PARA O CAFEZINHO

Cafeina



Madrugada de sexta-feira, MSN Messenger, conversava com "la favorita de reyes y presidentes", JTC e seu marido J"M"U, que acabara de chegar de uma festa de trabalho, totalmente borracho. Quando menos espero, ela me manda, de surpresa, a seguinte música por e-mail:

TOTAL ECLIPSE DO AMOR

por te amar
toda noite eu fico pensando e chorando não querendo acreditar
por te amar
toda noite lembro nosso último encontro isso é pra mim um grande martirio
por te amar
toda noite quero encontrar alguém que possa e consiga ao menos explicar
por te amar
toda noite quero acreditar que você esta por perto e vai chegar por aqui

por te amar choro
toda noite chamo por você
por te amar choro
toda noite chamo por você

por te amar
toda noite peço que uma luz me apareça e me diga que estou bem
por te amar
sei que é impossivel mas quem sabe com tempo eu consiga intender o por que?
por te amar
você sabe o quanto eu te quero e devia me levar com você
por te amar
sei que esta errado o que penso mais queria dizer olhando no seu olhar

por te amar choro
toda noite chamo por você
por te amar choro
toda noite chamo pelo amor

que eu queria só pra mim
que eu queria só pra sempre
que se foi pra nunca mais
mais vou te amar eternamente

é dificil poder explicar
como é forte essa dor
te quero muito mais do que quero viver
o amor que em mim explode nunca vou poder dar

não sei como dizer não sei como explicar
eu vivo mais não sinto eu preciso acordar
meu Deus preciso acordar
me faça acreditar que sonhei, me faça acreditar

o meu coração tenta me conduzir para que eu possa aceitar
não quero aceitar o total eclipse do amor
hoje vou pensar como posso viver como abrir o meu coração
não quero aceitar total eclipse do amor



Não, você não está alucinando. Esta é de fato uma versão em português para TOTAL ECLIPSE OF THE HEART, de Bonnie Tyler, cantada pela dupla Wilson e Soraya de Paula. Substitua o "por te amar" por "turn around" e você tem uma noção do que é a música.

E eu às 2 da manhã tendo que trancar a gargalhada para não acordar os vizinhos foi qualquer coisa! Se alguém tiver um e-mail que suporte uns 5mb de anexo e quiser dar boas risadas, é só pedir.

A. J, onde achaste esta pérola?
J. Eu estava assistindo ao Canal Rural e...


CANAL RURAL???

Turn around, bright eyes!

18.3.05

BOM DIA TRISTEZA


Eu já ando muito choroso, emotivo, pensativo, cabisbaixo, nervoso e logo agora Bethânia resolve gravar este disco, QUE FALTA VOCÊ ME FAZ, com as canções de Vinícius. É covardia!

Bethania e Vinicius


Bom dia, tristeza
(Adoniran Barbosa e Vinícius de Moraes)

Bom dia tristeza
Que tarde tristeza
Você veio hoje me ver
Já estava ficando até meio triste
De estar tanto tempo longe de você
Se chegue tristeza
Se sente comigo
Aqui nesta mesa de bar
Beba do meu copo
Me dê o seu ombro
Que é para eu chorar
Chorar de tristeza
Tristeza de amar

P.S. Os comentários alternativos voltaram a funcionar... mistérios da vida.

17.3.05

ANIVERSÁRIOS

Ontem eu estava impossibilitado de postar por razões técnicas, justamente no dia do aniversário da Ticca, sócia-fundadora do Megeras Magérrimas, poetisa, escritora, adeuvogada pelotense. Tíccia, ainda que atrasado, um muito, mas muito mesmo, FELIZ ANIVERSÁRIO! Espero que a festa tenha sido tudibom!

Perla



Já hoje, senhoras e senhores, é o dia do nascimento da maior cantora que o Paraguai já produziu, PERLA! E para celebrar tão linda data, a versão da cantora para CHIQUITITA, do Abba!

Pequenina
versão : Perla/Wally
chiquitita - Benny Andersson/Bjorn Ulvaeus


Pequenina do meu amor,
vem correndo pros meus braços
Eu guardo pra você
os mais caros lindos sonhos
Vai sorrindo ao mundo em redor
Tudo é novo e belo em seus olhos
Ah, desconhece o mal,
neste mundo de gente grande...

(refrão)
Pequenina do meu amor
Ser criança é como ser uma gaivota livre
Tudo é feito pra brincar, como é bom vier
Descobrindo seu encanto...

Pequenina do coração
Sabe até contar 1, 2, 3 e mostra os dedinhos
E me encanta o seu olhar,
Seu olhar de amor...
Seu sorriso pequenina...
Seu olhar, confiança e amor,
seu sorriso... pequenina

Pequenina do meu amor,
a boneca entre os braços
Seu vestidinho branco e lacinhos nos cabelos
As estrelas brilham no céu
Mas não brilham mais que seu olhos
Ah, você vai crescer...
Ái que pena... ái que pena...

Perla assinatura

REAL LOVE CAN'T BE BOUGHT

New Order



O New Order lança, no próximo dia 22, seu novo álbum, WAITING FOR THE SIRENS' CALL, e como sempre nos presenteia com canções ensolaradas para corações rotos.

No repeat, GUILT IS A USELESS EMOTION, a faixa 9:

Just another day in the week
Waiting for an opportunity to step in front of me
Maybe I'm losing my mind
Searching for another place in another time

Real love can't be bought
It is wild and it can't be cought
Real love can't be sold
It's another color than gold

(I need your love) I just wanna buy it
(I need your love) Will you help me find it
(I want your love) How can you deny it
(I need your love) You've just gotta try it
(I want you now) Something that you gotta know
(I need you now) My love for you I wanna show
(I want your love) I'm telling you that I belong
(I need your love) You and me just can't go wrong

Standing on top of the world
Thinking at the joy you bring when you do that thing to me
You sure know a lot for a girl
You can bring the good times back get me on the track

Making Love

Les Maries by Pierre et Gilles

SEI...

Barbarella

"A veterana atriz Jane Fonda , 67, disse que seu ex-marido francês Roger Vadim a obrigava a dormir com mulheres e a participar de orgias. Fonda confessou que Vadim, que a dirigiu em Barbarella (1968), a obrigava a ligar para agências de acompanhantes e a conversar com mulheres em bares para que participassem de "cruéis" sessões de sexo.

Em sua autobiografia intitulada My Life so Far, a ser lançada em abril, a atriz diz que "parece chocante que eu fiz aquilo, mas eu me convenci de que estava tudo bem, apesar de estar me matando por dentro".

Fonda, ganhadora de dois Oscar -, separou-se de Vadim em 1973, após seis anos juntos, e tem uma filha com ele, Vanessa. Após o divórcio, a atriz se casou mais duas vezes: com o ativista político Tom Hayden (pai de seu filho Troy) e com o magnata das comunicações Ted Turner, proprietário da CNN e da TNT."

Barbarella

15.3.05

EU SABIA!

Eu não sou deste mundo mesmo!




You Are From Neptune



You are dreamy and mystical, with a natural psychic ability.
You love music, poetry, dance, and (most of all) the open sea.
Your soul is filled with possibilities, and your heart overflows with compassion.
You can be in a room full of friendly people and feel all alone.
If you don't get carried away with one idea, your spiritual nature will see you through anything.




LUNIK

Esta é a vocalista do LUNIK, uma banda suíça no estilo Cardigans, porém com uma sofisticação diferente. Escutei pela primeira vez em outubro do ano passado e amei à primeira audição. O mais recente álbum deles é o ao vivo LIFE IS ON OUR SIDE, ultra-viciante.

No repeat, WEATHER:

you're changing
like the weather does
yeah - you're changing
like the weather does

do you love me?
tell me, I gotta know
do you love?

you're my darling
I love you so
those feelings ain't changing
but your longing for me has become so unreliable

do you love me?
tell me, I gotta know
do you love?
tell me, show me, touch me

if you don't mean it
you better beat it
why do you falter?
you gotta be blind
do you love me?
do you love me?
I can't wait any longer
I don't understand
why don't you take my hand?

if you want me
then show me
I'm not your doll
I've got feelings, desires, cravings
and what I want to know is:

do you love me?
tell me, I gotta know
do you love?
tell me, show me, touch me

if you don't mean it
you better beat it
why do you falter?
you gotta be blind
do you love me?
do you love me?
I can't wait any longer
I don't understand

tell me your story
your reasons to worry
what is your secret?
gimme a sign
do you love me?
do you love me?
I can't wait any longer
I don't understand
Why don't you take my hand?

::

Como é que o mesmo diretor de TAXI DRIVER e TOURO INDOMÁVEL faz aquela porcaria chatíssima que é O AVIADOR? Até agora eu estou sem entender. Cate Blachett carrega o filme nas costas, ótima como Katharine Hepburn.

14.3.05

PALE GREEN


Green



You are a very calm and contemplative person. Others are drawn to your peaceful, nurturing nature.




Find out your color at Quiz Me!





Tá bom, né? Tão dizendo que eu sou verde...então tá!

Trilha do post: Pale Green, da banda Veruca Salt:

I am fourteen
Wrapped in a white sheet
Rain's coming through the window
The moon lands on my feet
I am pale green
I think she laced it with pcp
I feel like I'm in hell now
I want my dad [x2]
I am somewhere far from sleep sleep sleep
And look at me now
It's seven in the morning
You're dreaming while it's storming
I miss you,
I miss you without warning
I am somewhere far from sleep

MY NOSE WILL GROW ON

Caline Dion, antes de formar a banda Guns 'n' Noses, com Michael Bolton e Kenny G. Agora me diz, o bom gosto dela mudou?

Cortesia: Marcelo

Mar Adentro

Mar Adentro


A novela das 8 terminou na sexta-feira, mas a do meu computador ainda se extende.

- Vamos aproveitar a tarde de hoje, já que é sábado, para formatarmos teu computador?
- OK, vamos.
- Legal, vai ser rapidinho, nem te preocupa! Já fizeste backup, agora é so formatar e ele fica novinho em folha.

Mas, veja bem, as coisas geralmente não são como nós as imaginamos. O fato é que o danado do PC nunca mais iniciou. Mas como meu amigo, além de técnico, é gente boa demais, me emprestou seu super computador por um tempo, até que o meu tenha seu destino definido. Além disso, deixou comigo um super estojo com zilhões de filmes em DivX, entre eles MAR ADENTRO, de Alejandro Amenábar. E lá fui eu assistir a história do homem que queria morrer, pelo menos era isso que eu achava que ia ver.

Longe de ser apenas um filme sobre morte, Mar Adentro fala da vida sob uma perspectiva de quem não tem esperanças de ser feliz, viajar, amar, correr na praia, sentir o toque. Muito mais do que a história de seu protagonista, conta a tragetória daqueles que foram tocados por esta secura e precisam ver no outro um motivo para seguir em frente, esquecendo do vazio que têm à sua volta.

"Ganas de vivir", do espanhol: vontade de viver. É engraçado como a língua espanhola pode ser tão exata e difícil de traduzir quando fala de emoções. Depois de ver o filme, a vontade que dá é de traduzir como "gana de viver" e não apenas "vontade", por que ter gana é ter uma fome obstinada de algo. E para nós, que insistimos em viver, este afã anda escasso. As provações vem quando o impossível/improvável que tanto sonhamos não chega.

Fazia tempo que eu não chorava tão naturalmente de emoção assistindo um filme. A gente critica o hômi, mas Deus sabe o que faz.

Bem no início de Mar Adentro toca NEGRA SOMBRA, poema de Rosalía de Castro, interpretado por Luz Casal (a mesma de Un Año de Amor, na trilha de De Salto Alto), Carlos Nuñez e Ry Cooder. Eu, muito musical-emocional que sou, não consigo mais parar de ouvir e sentir o olho encharcar:

Negra Sombra

Cuando pienso que te fuiste,
negra sombra que me asombras,
a los pies de mis cabezales,
tornas haciéndome mofa.

Cuando imagino que te has ido,
en el mismo sol te me muestras,
y eres la estrella que brilla,
y eres el viento que zumba.

Si cantan, eres tú que cantas,
si lloran eres tú que lloras,
y eres el murmullo del río
y eres la noche y eres la aurora.

En todo estás y tú eres todo,
para mí y en mi misma moras,
ni me abandonarás nunca,
sombra que siempre me asombras.


Rosalía de Castro. Follas Novas, 1880.

12.3.05

YOU'LL BE A WOMAN SOON

Conversa via msn:

A. Estou ouvindo Antena 1 e adivinha o que começou a tocar agora?
J. O Quê?
A. Girl, You'll Be a Woman Soon!
J. Com o Neil Diamond?
A. Não :( com o Urge Overkill...
J. Ah, então não conta!


Todo mundo conhece GIRL YOU'LL BE A WOMAN SOON, interpretada pelo Urge Overkill, numa das cenas mais cool do cinema nos últimos anos em Pulp Fiction. O que a maioria das pessoas não sabe é que esta canção foi originalmente interpretada por Neil Diamond em 1967 no álbum JUST FOR YOU.

Neil Diamond - Just For You



O disco é todo bom, tem ainda I'm a Believer e Shilo. É de uma época em que Neil era o que havia de mais legal entre as breguices norte-americanas.

11.3.05

NOVOS


*Novos comentários adicionados, porque estes do blogger são muito complicadinhos.

RODA, RODA, RODA E AVISA...

Chacretes


Com o objetivo de preservar a verdadeira cultura deste país, listo aqui os nomes das chacretes, precursoras de cachorras, lacraias e louras do tchan. Elas eram:

Gracinha Copacabana
Corujinha Loura
Soninha Toda Boa
Estrela Dalva
Índia Poti
Índia Amazonense
Fátima Boa Viagem
Rita Cadillac
Sueli Pingo de Ouro
Valéria Mon Amour
Esther Bem-me-quer
Regina Polivalente
Dayse Cristal
Cristina Azul
Sandra Pérola Negra
Bia Zé Colméia
Sarita Catatau
Lia Hollywood
Leda Zepelin
Fernanda Terremoto
Graça Portelão
Gleice Maravilha
Sandrinha Radical
Rosane da Camiseta
Érica Selvagem

Em recente entrevista a uma radio paranaense, o cantor Ovelha deu a declaração bombástica de que havia namorado a chacrete que não ria. Puxando da memória, eu só consigo lembrar da Bolete que não ria, não da chacrete. Se alguém aí lembrar direito desta história, por favor, colabore! Segundo Ovelha o nome de sua namorada era Zulu. Pra mim isto é mais nome de bolete...

Ah, lembrei também da bolete-mãe, que ficava nos bastidores, de vestido longo, fazendo as coreografias, a Pomba-Gira.

Sim, uma fonte segura, porém secreta, acaba de me confirmar que Zulu era, de fato, uma bolete. O Ovelha sequer lembra deste detalhe tão importante? Por que será?

10.3.05

OS BICHOS E EU

Todo mundo que me conhece sabe que eu sou apaixonado por cães. Quando morava com meus pais tinha o Hector, um boxer babão, carente e com personalidade forte. Depois, vim para Florianópolis e veio o Moby, o cão mais inteligente que eu conheci. O Moby fazia chantagem emocional, fingindo estar com a pata machucada, só pra dormir na cama. Ele ficava no meu colo sempre que estava na frente do computador, queria lamber minhas lágrimas quando eu chorava e morria de ciúme quando dormiam na cama comigo. A casa era mais dele do que minha.

MOBY


Infelizmente tive que dar o Moby, mas foi para o bem dele. Hoje ele vive numa casa enorme, com uma família que tem duas menininhas que o vivem apertando e afagando o tempo todo. Mesmo assim, dá uma saudade...

Fiquei sabendo que lá em Niterói tem um lugar em que eles recolhem bichinhos da rua pra matar depois, caso eles não sejam adotados. Bom, acho que isso tem em qualquer lugar, a diferença é que geralmente não se divulga. Fui lá olhar as fotos deles e me apaixonei por 2, um gato e um cachorro.

Eu não costumo simpatizar com gatos, nem eles comigo, mas este aqui me deixou totalmente sem defesas, olha só o Cascão:


Cascao

E este cão também:

Filhote

Então, quem quiser dar uma olhada nas fotos deles é só clicar aqui. Depois você pensa se de repente não tem condições de dar um lar para algum deles. Quem sabe?

9.3.05

JORNADA DA ALMA

Jornada da Alma



Passeando com os olhos pelas prateleiras da locadora de DVDs eu me deparo com um filme chamado "Jornada da Alma". Pego, olho atrás para ler a sinopse e fico impressionado com o fato do filme contar a história de Sabina Spielrein, de quem eu semprei quis saber mais e gostei muito das fotos, que indicavam uma produção razoavelmente caprichada.

Sabina foi paciente do então iniciante Dr. Carl Jung, em Zurique, quando ainda era adolescente, traumatizada pela morte da irmã. Suicida, psicótica e histérica, para ela o tratamento de choque elétrico, tão comum na época, não funcionava. Dr. Jung começou a tratá-la usando a psicoterapia de seu mentor, Sigmund Freud e obteve ótimos resultados ao longo dos anos, a ponto de Spielrein, depois de tratada, tornar-se psicoterapeuta também. É claro que durante o processo Sabina e Carl têm um tórrido caso de amor, interrompido quando a esposa do médico descobre tudo.

Sabina Spielrein ficou famosa na Rússia pela então chamada Creche Branca, onde usava métodos inovadores de pedagogia que, diga-se de passagem, não agradavam em nada as autoridades do estado comunista.

O filme, dirigido por Roberto Faenza, tem dois tempos: os dias de hoje, em que uma pesquisadora, em posse do diário de Sabina tenta se aprofundar na história; e a época vivida pela heroína, de 1905 (quando os pais a trouxeram da Rússia para a clínica de Jung em Zurique) a 1942 (quando ela é assassinada por nazistas). A atriz que faz o papel de pesquisadora é um lixo. Cada vez que a história volta para o presente, você pode ir ao banheiro, pegar mais café, tomar água etc.

Há uma cena extremamente comovente no filme: quando um dos ex-alunos de Spielrein, já com mais de 70 anos, é entrevistado e conta como a pedagogia da antiga professora mudou sua vida. Mas é só, o resto é superficial. Não espere ver em detalhes as teorias do incosciente postas em prática, nem saber com exatidão qual era a patologia de Sabina ao ser internada.

Na pior das hipóteses, Jornada da Alma vale como informação.

8.3.05

MORE THAN A WOMAN



Audrey tomando café


Ser uma mulher deve ser uma coisa tão difícil que Simone De Beauvoir dizia que "não se nasce mulher, torna-se uma". Sim, porque você já nasce com uma moldura pré-fabricada e tem que construir seu mundinho ali dentro. Ou não. Há mulheres que modificam sua moldura, aumentam, deixam mais bonita ou simplesmente quebram, já que não preisam de uma. Alguns dos grandes ícones de todas as áreas que mais me interessam são mulheres. E para celebrar o dia de hoje, fiz uma coletânea para as mulheres da blogosfera, que vêm aqui dar o ar de sua graça.

1.OPHELIA - Natalie Merchant
2.LITTLE BIRD - Annie Lennox
3.DERRETENDO SATÉLITES - Paula Toller

As três primeiras são para meu MDC (Máximo Denominador Comum), Roberta. O Megeras foi o primeiro blog que eu entrei com frequência quando comecei a blogar. E sabe como eu cheguei lá? Procurando fotos da Kátia Cega pra brincar no photoshop. Digitei o nome da cantora no google e um dos links era para um post do megeras sobre música brega. O resultado foi que esqueci totalmente da kátia naquela noite e passei horas lendo TODOS os posts do MMs. Em questão de semanas eu estava em Porto Alegre passando horas inesquecíveis com a Roberta, falando de tudo um pouco e me maravilhando a cada papo. A Ro é todas as mulheres em uma e, acreditem, pode derreter satélites sim!

4.LOVE AT FIRST SIGHT - Kylie Minogue

Esta costumava ser uma das músicas favoritas de Romina, minha amigona, irmã inseparável. Moramos juntos e descobrimos que a convivência não matou nossa amizade no final das contas, muito pelo contrário, nos aproximou mais ainda. Sou apaixonado pela garra e alegria de viver dela, que não tem medo de tocar um F%¨*&-se quando necessário e geralmente se sai muito bem.

5.A WOMAN'S WORTH - Alicia Keys

Esta é para a Ticcia, uma escritora que escreve porque é natural para ela fazê-lo. Uma mulher que não consegue controlar a verdade que sai de si querendo virar texto. Frágil sem deixar de ser poderosa, Dona Patrícia Antoniete detesta feiúra e crueldade e luta todos os dias para deixar a internet mais bonita com o que escreve, seja no Megeras ou no Não Discuto

.
6.JUST LIKE A PILL - Pink

Quando eu leio o Mishappenings, da Belly, sempre me vem à cabeça esta música. Deve ser porque esta roliça rebelde não é daquelas moças de levar desaforo pra casa. Só de ler o blog, a gente já nota que está diante das fortes opiniões de uma mulher culta, irônica e inteligente.

7.OLHOS NOS OLHOS - Maria Bethania

Tem alguém na internet brasileira que não lê os Drops da Fal? Não conheço. Esta mulher escreve como uma louca e seu jeito honesto de falar o que quer me lembra muito Bethania interpretando Chico. Pungente, direta e emocionante.

8.CIEGA, SORDOMUDA - Shakira
9.OYE (MI CUERPO PIDE SALSA) - Gloria Estefan

Errtas són para las chicas de montón del muy hermôso blueg Mira La Qualidad: Lilicita e Carolcita. Unas murreres muy bien humoradas que inobaran la interné con su modierno sienso de humôr y también crearan la nueva e muy fathil lengua errpanuêla!

10. SUPERMODEL (YOU BETTER WORK) - Ru-Paul

Barbara About, Heliodora Maria e Cordelie K. são as mulheres cibernéticas, donas do Alto Teor de BHC, um blog cheio de certezas e sem tempo para suspeitas. Muito mais mulheres do que tantas que há por aí, elas falam MESMO! Mas com elegância, obviamente.

Faz um jabá aí!


Bom, minha gente, estou bem orgulhoso da minha casa nova, agora eu realmente me sinto em casa postando aqui. Ficou tudo do jeito que eu gosto, só falta dar uma facilitada nos comentários eu sei, mas já estou resolvendo isso também.

Quem gosta de vir aqui e quiser fazer um jabazinho básico pra o C A F E Í N A , pode colocar um sticker no seu template:
C A F E I N A

Ou

C A F E I N A

6.3.05

JUST YOU AND I


THE DZIHAN & KAMIEN ORQUESTRA - LIVE IN VIENNA

Vlado Dzihan, de Sarajevo foi estudar em Viena e conheceu Mario Kamien na escola de música. Ambos compartilhavam a idéia de que a múscia do futuro deveria ser uma mistura de instrumentos de verdade com batidas e distorções eletrônicas. Este é o quarto álbum da banda, ao vivo com direito a violinos, baixo, contra-baixo, violão, guitarra, bateria, sampler, bateria eletrônica, percussão brasileira e os scraches do DJ "Manguito" Mango. O resultado é um disco que cresce a cada faixa, constrói uma atmosfera leve e pra cima, sem ser histérica. Altamente recomndável para uma tarde ensolarada de domingo como esta.
Dica da Ticcia.

5.3.05

NO HAY BANDA!

Image hosted by Photobucket.com

Hoje assisti pela terceira vez Mulholland Drive, de David Lynch. Não adianta, nada supera a cena do Club Silencio. Então, se você ainda não ouviu Rebekah Del Rio cantando Llorando, baixe aqui e acompanhe a letra.

LLORANDO

Yo estaba bien por un tiempo,
volviendo a sonreír.
Luego anoche te vi
tu mano me tocó
y el saludo de tu voz.
Y hablé muy bien de tu
sin saber que he estado

llorando por tu amor (x2).
Luego de tu adiós sentí todo mi dolor.
Sola y llorando,
llorando (x3).

No es fácil de entender
que al verte otra vez
Yo seguiré llorando
Yo que pensé que te olvidé
pero es verdad es la verdad
que te quiero aún más,
mucho más que ayer.
Dime tú qué puedo hacer
no me quieres ya
y siempre estaré

llorando por tu amor (x2).
Tu amor se llevó
todo mi corazon
y quedo llorando
llorando (x5)
por tu amor.


Eu estava por escrever mais a respeito de Cidade dos Sonhos, até que uns amigos chegaram aqui com suas vodcas, cervejas e tudo mais. Não lembro com extatidão tudo que ia dizer, mas acho que ainda não perdi por completo o fio da meada.

Na verdade, Mulholland Drive era para ter sido uma série da rede de televisão americana ABC. Em 1999, enquanto ainda fazia o casting dos atores e da equipe, David Lynch ouviu falar muito bem de Rebekah Del Rio e resolveu fazer um teste com ela, para uma possível colaboração na trilha sonora da série.

Diz a lenda que Rebekah chegou no estúdio e o diretor lhe mandou entrar na cabine de gravação e disse-lhe que cantasse qualquer coisa. Rebekah, que era fã da canção Crying, de Roy Orbinson desde pequena e que já havia encomendado uma versão em espanhol anos antes, soltou a voz numa Llorando à capella. David ficou encantando com a interpretação da cantora e orientou o produtor musical da trilha sonora a não mudar coisa que fosse na gravação. Queria exatamente aquela no piloto da série e chamou a cantora para gravar sua participação como La Llorona de Los Angeles.

A ABC resolveu cancelar a série, por ela ser muito violenta e os Estados Unidos estarem passando pela onda de estudantes provocando tiroteios por todos os lados.Dois anos depois, a produtora Canal + comprou os direitos do piloto de Mulholland Drive e permitiu que Lynch refilmasse o final e cenas adicionais para que ele fosse lançado como um filme de cinema. Ganhou prêmio de melhor diretor em Cannes, além de zilhões de outros.

Ainda hoje, 4 anos após seu lançamento, existem inúmeros fóruns de fanáticos discutindo as diversas interpretações possíveis, na tentativa de desvendar o mundo de sonhos proposto por David Lynch no filme. Eu não perco tempo em arriscar soluções para trama. Prefiro me deleitar com a beleza de não se estar preso ao sofrimento da realidade e viver, por 147 minutos, o universo de Cidade Dos Sonhos.


Image hosted by Photobucket.com

O Single acima foi feito especialmente como promo, para ser distribuído no festival de Cannes de 2001.

CASA NOVA

Image hosted by Photobucket.com



Trabalhar neste template novo foi uma das coisas mais trabalhosas que já fiz. Sim, como eu já havia dito, eu sou muito burro pra estas coisas.
Eu queria um novo nome para o blog, porque "Voando Alto" tem uns 10. Claro que só descobri isso há poquíssimo tempo. Então pensei em algo que fosse muito a minha cara, presente mesmo no meu dia-a-dia. Café. Pode apostar que muito do que eu escrevo neste blog é aditivado pelo poder da cafeína. Sem contar que meus amigos me conhecem pelo café fortíssimo que eu faço e pelo Cappuccino Light que sempre peço por aí.
Talvez seja um sinal de que agora eu quero começar do zero, dizer adeus às feridas abertas e fazer tudo às claras.
Espero que vocês gostem!

3.3.05

Cousas

Ontem à noite, quando cheguei faminto e estressado do trabalho já¡ passavam das 21h e me esperava um pacote com esta maravilha:

Sim, Deus é bom e meus amigos do peito também. Nino me mandou O Caderno de Cinema de Marina W. , que tem um blog delicioso também e fala de filmes com uma abordagem pop adorável. Tem curiosidades importantí­ssimas para nós que somos cordeiros de Andy Warhol, como uma lista dos produtos de beleza que sustentam o carão de Catherine Deneuve, um apanhado de filmes em que atrizes famosas fizeram prostitutas (encabeçado pelo meu favorito, Klute) e os filmes de Julia Roberts. Se não bastasse, tem um guia para assistir CIDADE DOS SONHOS, de David Lynch e a extensa filmografia de Woody Allen.

Altamente Recomendável.

Agora mudando de assunto, como é que ninguém me alertou a respeito daquela bobagem que eu escrevi ontem, chamando o Nick Hornby de "Bruce" Hornby??? Vejam bem, eu não tinha tomado café ainda e eram 8 de la mañana!

Eu verificando os sites que levam a este blog, encontro o blog de uma das "Bacas" do Mira La Qualidad, em sua versão ... digamos assim... séria.

Não sei se vocês lembram, mas no Reveillon eu fiz uma coletânea imaginária com músicas que eu gostaria de dançar enquanto exorcisava os demônios de 2004. Encabeçando esta lista estava um remix de Torcer Pela Pista de Fernanda Abreu, feito por Rick Gomes. Não é que o DJ achou o post e comentou agradecendo? Precisa agradecer não Rick!

Depois de um merecido fim-de-semana de excessos, as Megeras estão de volta! Como é que elas fazem a crueldade de deixar a gente sem ter o que ler por 3 dias inteirinhos???

Outra que estava me deixando agoniado, porque não voltava, era a Belly. And now she's back, revamped and repoisoned!

2.3.05

31 Songs

Em seu novo livro, Nick Hornby lista as 31 canções que foram trilha sonora para sua vida.



Nick Hornby's 31 songs

1. Bruce Springsteen - Thunder Road
2. Teenage Fanclub - Your Love is the Place That I Come From
3. Nelly Furtado - I'm Like a Bird
4. Led Zeppelin - Heartbreaker
5. Rufus Wainwright - One Man Guy
6. Santana - Samba Pa Ti
7. Rod Stewart - Mama Been on My Mind
8. Bob Dylan - Can You Please Crawl Out of Your Window?
9. The Beatles - Rain
10. Ani DiFranco - You Had Time
11. Aimee Mann - I've Had It
12. Paul Westerberg - Born For Me
13. Suicide - Frankie Teardrop
14. Teenage Fanclub - Ain't That Enough
15. J. Geils Band - First I Look at the Purse
16. Ben Folds Five - Smoke
17. Badly Drawn Boy - A Minor Incident
18. The Bible - Glorybound
19. Van Morrison -Caravan
20. Butch Hancock & Marce LaCouture - So I'll Run
21. Gregory Isaacs - Puff the Magic Dragon
22. Ian Dury & the Blockheads - Reasons to be Cheerful, Part 3
23. Richard and Linda Thompson - The Calvary Cross
24. Jackson Brownee - Late For the Sky
25. Mark Mulcahy - Hey Self-Defeater
26. The Velvelettes - Needle in a Haystack
27. O.V. Wright - Let's Straighten it Out
28. Royksopp - Royksopp's Night Out
29. The Avalanches - Frontier Psychiatrist
30. Soulwax - No Fun/Push It
31. Patti Smith Group - Pissing in a River


Eu já estou fazendo minha lista...

1.3.05

More Cho

Acho que ninguém entendeu nada quando eu postei a capa do disco da Margaret Cho. Ela é uma comediante americana, filha de coreanos, que conta piadas hilárias sobre separação racial, ser amiga de gays, Karl Lagerfeld, Ricky Lake, emagrecimento e fama. Só pra vocês terem uma idéia, catei uns trechos, dos mais engraçados, a respeito de Karl Lagerfeld: aqui, aqui e aqui. Em inglês, ok?