17.11.05

ESTE MUNDO EH UM C*

Madrugada de segunda para terca, staff party em Kings Cross. La pelas tantas Gino, o italiano, senta do meu lado, acende um cigarro e me olha com aquela cara de crianca que fez arte e solta:

- Amanha tenho um date com uma brasileira.
- Que legal, onde vcs se conheceram?
- Eh so uma vagabunda que deu em cima de mim no pub.
- Entao por que vc vai sair com ela?
- Porque na pior das hipoteses, pelo menos eu ganho um boquete.

**

Quarta-feira a tarde, intervalo do curso, saio para tomar meu fix diario de cafeina no Cafe Costa e encontro uma ex colega de aula:

- E ai, onde voce esta trabalhando agora?
- Num pub no Soho.

...dois espressos e um croissant de chocolate depois:

- Uma amiga minha saiu ontem com um italiano que trabalha la, conheces?
- Aaaaahh, acho que sei quem eh.
- Pois eh, eu de cara achei ele um ridiculo. Eu falei pra ela que estes italianos sao sedutores, mas uns cafajestes de quinta categoria.
- E ela?
- Ah, ela nem me deu ouvidos, disse que precisava tirar o atrazo, mesmo o italiano sendo meia-boca.
- Melhor.
- Eh, melhor.

**

Shame on you, se voce ficou com pena da brasileira, depois de ler a primeira parte da historia. Desde quando mulher tambem nao tem direito a dar umazinha sem compromisso??



Map my Heart by Ross Bleckner

Map my Heart by Ross Bleckner


***

2 comentários:

  1. Adorei a historinha! Subversiva e didática, hahaha!
    Aquele Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que coisa, mundinho pequeno esse!

    Pena que ninguém gostou muito da f...dinha.

    Já deu pra notar que eu estou colocando a literatura internética em dia. Meu amor foi para Pel e eu estou só com o Confe-ssões num buraco fétido qualquer.
    Ontem fui na MixMad a sua noite, estava bem bom... a Swan dublou Jump com coreografia e bailarinos, emendou com Hung up ao vivo do EMA com direito a projeção e coreografia semi-igual. Me diverti.

    ResponderExcluir