23.11.05

THERE GOES THE NEIGHBOURHOOD...

Durante as decadas de 60/70, os Estados Unidos passavam por transformacoes sociais tremendamente severas. Revolucao sexual, movimentos anti-guerras, a pilula, o crescimento do movimento feminista, flower power, free love, Woodstock, Stonewall, Watergate, Gloria Steinhem, Hair, Ku Klux Kahn, ou seja, a tensao entre oprimidos e opressores efervescia. Mas talvez o mais marcante para a historia daquele pais tenha sido o reconhecimento dos negros como legitimos cidadaos norte-americanos. Parece mentira, mas foi so nesta epoca que os negros deixaram de ser obrigados a sentar no fundo do onibus, puderam votar, candidatar-se a cargos publicos, enfim, viver e trabalhar como qualquer outro americano. Nos "pacatos" suburbios, no entanto, o preconceito racial ainda norteava o sistema de valores da classe media e, sempre que uma familia "de cor" mudava-se para um bairro predominantemente branco, os WASPS racistas suspiravam desconsolados "There goes the neighbourhood...", ou "La se vai a vizinhanca". Como eh comum na evolucao da linguagem, com o tempo esta expressao acabou sendo utilizada para descrever tudo o que era bom e acaba sendo estragado.

Fiquei sabendo que A Cor Purpura, o emocinante livro de Alice Walker, que virou o melhor filme de Spielberg ate hoje, virou musical da Broadway, produzido por ninguem menos que Oprah Winfrey. E la se vai a vizinhanca!


There goes the neighbourhood...

**

"There Goes the Neighbourhood" tambem eh uma das musicas mais legais da Sheryl Crow.

***

2 comentários:

  1. eheh... oi...
    ai, me desculpa, mas andou rolando uma certa "apropriação indébita" do link do teu blog, espero que não se importe... rs.... é que costumo visitar...!!
    putz, o Dogville deixou a minha cabeça pouco mais que um ovo com a gema mole (ahah), fiquei até com receio que no segundo da trilogia pudesse repetir a ousada fórmula e tal, mas já estou louca pra ver tb!! seguramente abrangeu um número ENORME de páginas sobre a moral humana que já foram geradas (rs...)
    hm, e a abolição da cafeína no mundo também aparenta ser algum tipo de conspiração maligna! sou totalmente pró-cafeína! =D
    até mais!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo7:01 PM

    Bonekona Rosa Parks steffan cruz tambem e cultura e história !!!!!
    He, he, he ...
    tacel :-)

    ResponderExcluir