16.3.06

NÃO DISCUTO

MM

Ela e sua menina
Ela e seu tricô
Ela e sua janela, espiando
Com tanta moça aí
Na rua o seu amor
Só pode estar dançando
Da sua janela
Imagina ela
Por onde hoje ele anda
E ela vai talvez
Sair uma vez
Na varanda

Ela e um fogareiro
Ela e seu calor
Ela e sua janela, esperando
Com tão pouco dinheiro
Será que o seu amor
Ainda está jogando
Da sua janela
Uma vaga estrela
E um pedaço de lua
E ela vai talvez
Sair outra vez
Na rua


Ela e seu castigo
Ela e seu penar
Ela e sua janela, querendo
Com tanto velho amigo
O seu amor num bar
Só pode estar bebendo
Mas outro moreno
Joga um novo aceno
E uma jura fingida
E ela vai talvez
Viver duma vez
A vida


Ela e sua janela, Chico Buarque - 1966

Este outro moreno te deseja um muito feliz aniversário, enquanto aquele outro não volta do bar, viu?

Grande beijo, Ticcia!

3 comentários:

  1. Meu muito, muito querido, adorei a música, engasguei. Vou vivendo duma vez a vida, cheia de cor, de acenos lindos, de flores, de música. Que bom que existes e que a conspiração nos juntou. Beijos. Muito obrigada pelos mimos. :)

    ResponderExcluir
  2. Nossa é de 1966, esqueço que ele já é tiozão.

    ResponderExcluir
  3. ELA MERECE, ELA MERECE, ELA MERECE...
    Também amo essa mulher.

    ResponderExcluir