25.6.06

O Show da Vida


Alguém já percebeu que Renata Ceribelli, a repórter do Fantástico, se fosse loira, seria a cara da Paula Toller?

**

E a leitura labial que os surdo-mudos fizeram daquelas coisas que os jogadores e técnicos dizem durante as partidas?

**

Ai, Jesuis.... o Tony Ramos, vestindo uma calça Saint-tropeito, agora é apresentador?

**

E a leitora Eliane Chaves mandou um e-mail ultra-mega-dilícia. Um trecho para vocês terem noção:

"Bem, meio louco esse negócio de escrever para uma pessoa q a gente nem conhece ( e q não faz idéia d q existimos ! ), ha,mas ok, então vou me apresentar...cheguei no seu blog, nem sei direito como, acho q pelo megeras, q, sinceramente, tb não sei como fui parar, mas q visito vez em sempre...sei lá, sabe qdo vc lê o texto de alguém e de vez em qdo passa para dar uma olhada e, de repente, esse de vez em qdo vira rotina e vc nem lembra mais como começou? Pois é, ninguém manda vcs escreverem tão bem...
Na verdade, dou uma navegada pra arejar a cabeça q fica meio quente no trab, então, vcs me fazem companhia em algum momento do dia..."

Lili, obrigado, obrigado, mil vezes, amém. Quando a gente começa a escrever em blog não o faz com o intuito de fazer sucesso com os leitores, acho que nem pensamos muito - ao menos conscientemente - em ter leitores. O conceito de bloggar é absurdamente umbiguista e instintivo, porque as palavras já estão naquele ponto de escorrer da gente e precisamos ter onde deixá-las pingar.

No início é silencioso, quase ninguém conhece, muito menos comenta. Aos poquinhos, encontramos outros com a alma parecida, nos emocionamos, damos risadas e daí o prazer de escrever só cresce.

**
E o sonoplasta do Fantástico só agora descobriu Portishead. Em três reportagens só deu Beth Gibbons e sua trupe.

**
Ouvindo Ana Caram, a cantora brasileira que mais vende cds no Japão. Bonitinho, a gente nem sente que está tocando.

Um comentário:

  1. Poxa! Parece que eu deveria ter assistido o Fantástico ontem...

    ResponderExcluir