19.8.06

Coff coff

Eu sou um homem que não pode, não deveria, a tia sinaliza desesperadamente que nããão, o médico proíbe de sair à noite.

Mes eu vou. E hei de dançar até me acabar!

Portanto, se até segunda não houver sinal de vida neste blog, já sabem: morri tuberculoso na pista. Murder on the dancefloor.

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário