15.8.06

Hoje

Daqui a pouco vai ser mais engraçado comentar o horário político gratuito (que não é gratuito porcaria nenhuma, nos custa tempo e paciência).

Só nao falo para não fazer propaganda para ninguém.

**
Começou a novela.

"Ah, dona empregada, eu so comi a sua filha. Ela é gostosinha, mas não é pra casar. Um dia ela vai encontrar um mecânico que case com ela."

**

O palhaço carequinha está pálido, coitado.

Vocês não estão achando a sósia de Lilly Tomlin muito comportadinha hoje?

**

Dra. Vergonha Nakara dá um discurso moral enooorme, pontuado por imagens do Rio.

Párem tudo!!! Ela colocou o roupão imundo pra lavar!!!

E pra que a cara de louca enrolando os cabelos?

**

E a freira safada de batom?

**

Aaaaah, nós bem que estávamos precisando de um barraco nesta novela. Deborah Evelyn-Carpenter pegou o beija-flor com a boca no cappuccino da vadia ranaldi.

**





Nenhum comentário:

Postar um comentário