28.1.07

5 rapidinhas sem tirar



[*]Sabe aquela música do Cazuza que diz "eu queria ter uma bomba, um flit paralizante qualquer"? Pois ontem, voltando para casa pela cidade baixa, ouvi uma moça cantando pela rua "eu queria ser uma bomba, um cinto paralizante qualquer".

[*]Cheguei à conclusão de que a melhor forma de se assistir a uma série de tv é em maratona. A história fica muito mais empolgante. Assim estou fazendo com ROMA, da HBO.

[*]Meu dvd player evangélico está tomado pelo demo, recusa qualquer disco. E agora?

[*]Carência, mil vezes carência. Que ela não me cegue.

[*]A leitora aquela que mandou carta para o correio sentimental, informou via e-mail que já nem pensa mais no ocorrido e resolveu dar atenção a quem gosta dela e liga. Fico feliz, Lara.

*Ilustrando o post, uma revistaria em Leyton, bairro londrino onde eu morava, foto minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário