14.3.07

Quebra o meu barraco!

Alguém já parou para pensar como seria a versão brasileira de Dreamgirls? Parece que eu nem tenho o que fazer:

Baseado na história não-oficial de ascensão e queda do legendário grupo É o Tchan, estrelado por Ivete Sangalo, Cláudia Leite, Tati Quebra-Barraco e Stepan Nercessian (o pluri-talentoso) e dirigido, é claro, por Tizuka Yamasaki, numa superprodução Globo Filmes. Poderia se chamar DEU A LOUCA NA BOQUINHA DA GARRAFA. Concorreria a várias indicações do prêmio mor do cinema nacional (sic), o Kikito, mas só levaria o troféu de melhor gorda-acessório, com a Tati ovacionada em Gramado. A crítica "especializada" diria "o filme é dela!!" ou "Tá ficando atoladinha. Em prêmios."

Daí, iam fazer campanha para ele representar o Brasil na corrida do Oscar de melhor filme estrangeiro, como foi com Xuxa e os Duendes, incinerando de vez as nossas chances de ganhar um Oscar ainda neste milênio.

Já pensou?

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário