9.4.07

Percebe agora a diferença?

Eu li no feriadão alguma coisa de Lygia Fagundes Telles. Digo alguma coisa porque a escrita desta mulher não é qualquer coisa. É alguma coisa de não-sei-o-que muito chocante. Em especial, um conto chamado "Venha Ver o Pôr do Sol". A história é a seguinte: o moço liga, implora para a ex-namorada vê-lo mais uma vez porque ele quer mostrar a ela o pôr-do-sol mais lindo do mundo. A moça, chamada Rachel, vai - muito a contra-gosto, mas vai. Ricardo, o moço, mostra a ela um cemitério abandonado pois o tal crepúsculo inigualável acontece lá. Resultado: era tudo uma armadilha de um amante louco e desesperado para enterrar viva a ex-namorada que o trocou por outro mais rico (e mentalmente instável). Daí você, que também já não anda muito bem de suas faculdades mentais, termina de ler e se pergunta: cumé que é?

Tem coragem? Tem cojones? Leia aqui.

Se quiser uma música que combine, tente esta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário