30.4.07

Solos

Brett Anderson, vocalista da extinta banda Suede acaba de lançar um álbum solo que é um primor. Eu acho que fui gostar de Suede tarde demais. Mas eu também penso que para certo tipo de música a gente precisa estar emocionalmente pronto para poder apreciá-la como ela merece. O primeiro single, Love is Dead, é um arpão no peito. Eu me viciei, no entando, em The Infinite Kiss.

Daqueles cds que você deixa tocando no repeat enquanto trabalha ou dirige e, a cada audição, uma frase se destaca, uma verdade inesperada, e te deixa pensando por horas. Recomendadíssimo.


Para quem tem saudade do Cranberries, Dolores O'Riordan também chega com o primeiro trabalho solo depois do fim da banda. É praticamente um álbum do Cranberries. As letras são iguais, os arranjos e a energia da interpretação. Nota-se, porém, um tom mais maduro na atitude da mocinha, como se pode perceber no vídeo de Ordinary Day. Eu gostei mesmo foi do título do cd: Are You Listening? Ouça Loser para matar a saudade dos velhos tempos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário