3.5.07

A Vida dos Outros

A Vida dos OutrosOs alemães são mundialmente conhecidos por sua eficácia e frieza. Para as coisas que requerem exatidão, cálculos ou sangue frio ninguém os bate. Daí pode-se imaginar o quanto eles devem ter sido bons em torturar, coagir e controlar os cidadãos da República Democrática Alemã, durante os anos de chumbo da Alemanha Oriental. Aqui no Brasil, a ditadura era burra, manipulada e passional. Lá era precisa e contundente. Para tudo havia um sistema passo-passo, minimamente organizado. É de pessoas assim que A Vida dos Outros trata. O pulo do gato, no entanto, está no quanto de sensibilidade se esconde num espião da Stasi acima de qualquer suspeita.

Este é dos melhores roteiros que eu vi este ano, um filme de uma dimensão humana comovente. Não é de se espantar que tenha levado o Oscar de melhor filme estrangeiro. A Academia tende a premiar nesta categoria filmes que sejam socialmente relevantes. Pena que não o fazem também nas outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário