23.7.07

Rapidinhas em frente à tv

|A nova campanha do Ford Focus é uma das coisas mais estúpidas que há nos horários comerciais. Passa 25 segundos tentando provar que você tem que ser diferente e fazer o que tem vontade para, nos 5 segundos finais, te dizer que carro comprar. Oras, eu vou comprar o carro que me der na telha.

||Os jogos Pan-Americanos do Brasil estão realmente emocionantes. Não tem Estados Unidos que nos ganhem em número de medalhas de bronze, até agora 39. Falando sério e correndo o risco de soar demasiadamente simplista, a gente precisa mesmo tomar como exemplo a dedicação, disciplina e honestidade dos atletas, se todo mundo trabalhasse e levasse a vida com estes valores, seríamos um país muito melhor, coisa de primeiro mundo. Daí você muda de canal e vê aquele programinha chamado "Pânico na TV" e pronto: estamos de volta ao Brasil.

|||Agora o gostinho de cada vitória do Brasil contra Cuba não há dinheiro que pague.

||||Alguém aí percebeu que as jogadoras de futebol feminino se parecem muito com a cantora Mart'nália? Quase todas.

|||||A seleção de handebol feminino tem uma goleira chamada Chana. Luciano do Vale gritava "Se ganhamos o jogo, foi por causa da Chana. Por ela as bolas não passam!" Pô, sacanagem.

||||||Se você se sentir tentado a comprar aquelas câmeras digitais anunciadas exaustivamente na tv, saiba que estará sendo enganado. Aquela Genius G-Shot, diz no anúncio, tem 12 megapixels "interpolados", o que nada mais é do que 5 megapixels efetivos. As ampliações gigantescas mostradas no comercial jamais poderiam sair de uma lente daquelas. A TekPix então, eu nem comento. Por aquele preço exorbitante de quase mil reais, você compra uma grande máquina digital Sony ou qualquer marca comprovadamente boa.

|||||||Depois de freqüentar por horas o aeroporto internacional Salgado Filho no final de semana, posso dizer que sim, a gente sente uma mistura de medo, falta de compreensão e vazio no ar. O que me revolta é que os meios de comunicação encorajaram, com suas reportagens maniqueístas dos últimos dias, o usuário a fazer escândalo por qualquer atraso ou cancelamento, mesmo que eles ocorram por causa de outros aeroportos ou condições climáticas. A mocinha do balcão, por mais tonta que pareça ser, não tem obrigação de ouvir despautérios de ninguém.

||||||||E agora, simbora que tem vôlei na tv. Galvão B. , o escroto, vai passar o tempo todo lamentando a ausência do Ricardinho em quadra. Eu vou é assistir pela Band.

[Eu sei o que você está pensando. Sim, um pouco amargo. Vou fazer como todo mundo e colocar a culpa no "inferno astral".]

Nenhum comentário:

Postar um comentário