9.8.07

Uma América doente



Michael Moore tem a vocação para causar os questionamentos mais controversos a respeito dos Estados Unidos de uma forma tão simples que faz do assunto uma coisa muito óbvia. Talvez por isso mesmo irrite tanto as autoridades republicanas que muito se ocupam em preservar o american way of life (as they know it).

Em Sicko, o documentarista investiga o sistema de saúde norte-americano, o mais caro do mundo - um paradoxo para um país que se gaba de cuidar muito bem do seu cidadão. A fim de estabelecer parâmetros, Moore viaja a vários lugares do mundo para chegar à conclusão que até os países menos desenvolvidos oferecem cuidado gratuito a quem precisar. Termina, claro, em Cuba. Seria divertido se não fosse tão constrangedor. Um dos melhores documentários da década.

Em O Vigia (The Lookout), Chris Pratt (Joseph Gordon-Levitt) sofre/causa um acidente de carro e anos depois ainda tem sérios lapsos de memória que lhe obrigam a apontar seus passos num bloco de anotações para que leve uma vida mais próxima do normal. Trabalha à noite de vigia num banco local e mora com o cego Lewis (Jeff Daniels), que, apesar da deficiência visual, parece estar mais em contato com a realidade que o próprio Chris. O conflito da trama se dá quando o rapaz é abordado por um grupo de marginais que planejam assaltar o banco onde trabalha.

Uma grande atuação de Gordon-Levitt, num filme sensível, sombrio e ao mesmo tempo empolgante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário