17.9.07

Eles odiavam Warhol

Acaba de chegar ao mercado de dvds Factory Girl, ou se você preferir o título absurdo em português, Uma Garota Irresistível. Como já se viu antes em Um Tiro Para Andy Warhol e Basquiat, aqueles que se envolveram com o pai da arte pop ganharam muito mais do que apenas 15 minutos de fama, quase todos morreram de overdose ou simplesmente caíram no ostracismo depois que Warhol cansou-se deles.

Neste filme, a lindíssima Sienna Miller faz o papel da socialite/modelo/superstar Edie Sedgwick, uma pobre menina rica, violentada pelo pai magnata desde criança que chega à Factory (o estúdio onde Warhol produzia seus filmes e quadros) à procura de diversão e pensa ter encontrado no artista um mentor e companheiro. Guy Pierce faz um Andy muito parecido com aqueles interpretados anteriormente por Jared Harris e David Bowie, indiferente, distante e estoicamente perturbado.

A ruptura se dá quando Edie conhece "o músico" (Hayden Christensen), claramente uma referência a Bob Dylan, causando ciúme em Warhol. A indiferença do mentor faz com que a protagonista se perca na sua própria loucura/carência, recorrendo invariavelmente ao uso de barbitúricos e à heroína.

Narrado em tom de documentário confessional, Factory Girl tem um roteiro meio capenga, mas sobrevive graças às atuações do elenco muito talentoso e ao visual atraente.

Assista também a Um Tiro Para Andy Warhol e Basquiat:



Nenhum comentário:

Postar um comentário