23.2.08

Oscar Time - Atores/Diretores

Ben Affleck estreia na direção adaptando o romance Gone, Baby, Gone, de Dennis Lehane (o autor do sucesso Sobre Meninos e Lobos), em Medo da Verdade (2007). A temática é bastante parecida com a da adaptação feita por Clint Eastwood em 2004, subúrbios marginais, rapto e estupro de crianças, armadilhas morais e um protagonista em constante provação. Casey Affleck mais uma vez se prova como um grande ator que, apesar da cara de bebê, tem estrutura de sobra para interpretar um personagem perturbado pela falta de equilíbrio entre aquilo que é certo e a verdade. No entanto, quem ganhou uma indicação ao Oscar foi a coadjuvante Amy Ryan, no papel dificílimo da mãe viciada que "perde" a filha e resolve contratar Affleck e sua parceira para encontrá-la. Conforme as esperanças ficam cada vez mais escassas, camadas de ficção e realidade se revelam para culminar num final surpreendente e chocante.

Destaque para Ed Harris, como sempre interpretando um personagem moralmente desprezível, e Morgan Freeman como o comissário de polícia cansado do crime e marcado por um acontecimento traumático do passado.

Um filme de mistério inteligente e tocante como há muito não se fazia.

Dois grandes méritos de Na Natureza Selvagem (Into the Wild, 2007), dirigido pelo também ator Sean Penn, foram reconhecidos este ano pela Academia: a edição inventiva e moderna e o ator coadjuvante Hal Holbrook, responsável por talvez a melhor cena do filme, lá nos 40 minutos do segundo tempo.

O filme retrata o que se pode considerar a história "verdadeira" de Christopher Johnson McCandless, o rapaz que abandonou a vida universitária para experimentar o contato com a natureza, perambulando pelos Estados Unidos sem um tostão no bolso. Emile Hirsh é o protagonista e o faz de uma forma muito competente, misturando ingenuidade com determinação. O elenco de apoio ainda conta com Marcia Gay Harden, William Hurt, Catherine Keener, Vince Vaughn e Jena Malone, todos à sua maneira contribuindo para compor uma história carregada de emoção e sentimentos respresados. A trilha sonora, composta por Eddie Vedder (do Pearl Jam) é o perfeito acompanhamento para esta viagem a territórios áridos e remotos de uma América que pouca gente conhece.

3 comentários:

  1. Só uma correção: Emile Hirsch não é faz o filho da Felicity Huffman em Trasamerica, mas sim o ator Kevin Zegers.

    Emile Hirsch é o carinha The Girl Next Door e Lords of Dogtown.

    :]

    ResponderExcluir
  2. É verdade, Túlio. Acho que confundi porque eles são bastante parecidos.

    Obrigado pela correção!

    ;)

    ResponderExcluir
  3. eu penso que na natureza selvagem merecia mais lembranças nas indicaçoes... merecia sim.

    ResponderExcluir