13.8.08

He's got the power!


David Lynch, o homem em pessoa, esteve cara-a-cara com a high society universitária de Porto Alegre no encontro Fronteiras do Pensamento. Tirando as peruas sentadas atrás de mim que mal faziam idéia de que outros filmes o diretor fez além de Veludo Azul, algumas perguntas imbecis e o preço salgado do ingresso (100 reais), foi um encontro deveras interessante.

Mas o que eu vim aqui dizer mesmo é que a minha matéria sobre o encontro com Lynch está na capa da Revista Paradoxo. Olhem lá.

2 comentários:

  1. Primeira matéria na Paradoxo e já entrou com capa e tudo? Quem é que tem o poder mesmo?
    Aliás, bela matéria! Gostei demais da abertura.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo8:47 PM

    Negrinho, querido!
    Não preciso lembrar a delicia que foi sua passagem, por aqui né?
    Só agora pude ler seu blog...
    E sobre os últimos posts:
    - Da próxima vamos fazer outro circuito gastronômico, lugares menos conhecidos e tão bons quanto.
    - Sobre a moça que se levantou depois do seu comentário no café: acho que ela resolveu cair fora mesmo foi depois de começarmos a falar sobre o Saramago hehehe
    - Quanto à revista da Pascowitch: gosto da linha editorial futilidades-pra-quem-sabe-quase-tudo, ou mundo-cão-com-pedigree a lá Vanity Fair dela.
    Como vc notou continuo fazendo a linha de James Joyce a Joyce Pascowitch, não tenho cura mesmo! (E aproveitando o link, Antonio Bivar, que promove o Bloomsday aqui em SP, tem coluna na revista dela)
    - Já sobre o David Lynch, (lembra da fila na Cultura?)acho triste que muitos como ele só apareçam por aqui depois de já terem partido pra direção de comerciais e livros de auto-ajuda!
    Faltou perguntarem a ele: E quem não gosta de peixe? heheheh
    - E Playmobil mesmo vc veria na fila da The Week, se tivéssemos ido...
    Bjs. Volte logo!
    S.

    ResponderExcluir