20.7.09

Galhos

I'm a tree that grows hearts
One for each that you take
You're the intruder hand
I'm the branch that you break
(Bjork - Bachelorette - 1997 - do álbum Homogenic)

Os versos de Bjork, extraídos do single Bachelorette servem como uma metáfora bem interessante para tratar a nossa natureza afetiva. A letra sugere que somos todos árvores cujo fruto é o amor. Mesmo que nos roubem "corações", nossa composição primordial nos possibilita brotar ainda mais frutos. Há, claro, estações em que secamos e, no lugar do sentimento fresco e suculento, só temos galhos quebradiços, frágeis e sem graça.

Para a árvore existe a certeza da chegada da primavera uma vez ao ano. Já nós somos obrigados pelas circunstâncias a viver outonos que nos parecem exageradamente longos. Nesses períodos, ficamos sujeitos a "intrusos" que, como diz a letra, quebram nossos galhos. Alguns por não enxergarem que estamos vivendo nessa estação infrutífera. Tudo que veem quando nos olham é uma árvore como todas as outras. Esses tentam nos escalar em busca daquela fruta tão gostosa porque têm certeza de que nas copas mais altas há de ter um exemplar vermelhinho e lustroso esperando por eles – e vão nos quebrando no caminho. Chegam lá e não encontram absolutamente nada, além da vista privilegiada para o deserto – ou como dizia Marina Lima na canção de Alvin L., "Solidão com vista pro mar".

O importante é a gente saber que tipo de árvore se é (ou está). E entender que a natureza é sábia e não há inverno que dure para sempre.

3 comentários:

  1. A Bjork pode até ser excentrica, mas ela sabe fazer uma letra... não é a toa que já fez composições pra outros artistas, como Madonna, por exemplo... :)

    Não gosto de pensar na gente como uma árvore... rs mas entendi a metáfora.
    Nada fica pra sempre do jeito que está... :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amém não exista mesmo inverno que dure para sempre. Eu tô me sentindo praticamente uma pessoa que vive na Islândia ultimamente.
    Besos,

    ResponderExcluir
  3. Ai, fio, me arrasaste com esse. Bota outono nisso, bota galho seco, nuvem cinza mas que nunca chove, brisa que não chega...

    ResponderExcluir