28.3.10

Persistência


Cena final de An Englishman in New York (2009), em que John Hurt interpreta Quentin Crisp, escritor inglês que desafiou definições de gênero e o patrulhamento ideológico. Claro, pagou caro por isso, cometeu erros e algumas gafes precipitadas. Mas soube dar seu adeus com sábias palavras.

3 comentários:

  1. Desculpa a não menção do seu blog em um dos textos roubados. Erro ja corrigido.

    ResponderExcluir
  2. Incrível, estou doida para ver!

    ResponderExcluir
  3. excellent blog merci pour ce partage bonne continuation

    ResponderExcluir